Erros No Escritório De Advocacia

Erros no escritório de advocacia – se você está cometendo, pode perder tudo!

Alguns erros no escritório de advocacia comprometem toda a atividade, seja na prestação de serviços ou na organização do negócio. E são exatamente as falhas que levam muitos negócios a fecharem nos primeiros anos de vida. Veja a seguir alguns erros que você não pode cometer, porque são eles que colocam sua atividade em risco!

Não investir em marketing jurídico

Com a crise econômica, advogados pouco experientes cortam seus investimentos em um setor principal: marketing. Ao deixar o marketing de lado, o advogado está abrindo mão de construir uma boa imagem do escritório, de se posicionar melhor no mercado e de captar mais clientes.

Muitos profissionais acham complicado adotar o marketing jurídico, uma vez que ele deve obedecer às limitações do Código de Ética e Disciplina da OAB. Porém, é possível realizar um bom marketing dentro das regras. Basta ter um profissional qualificado e com conhecimento sobre o tema.

Não adotar a tecnologia é um dos erros no escritório de advocacia

Um dos erros no escritório de advocacia que comprometem a produtividade do trabalho é não adotar a tecnologia. Felizmente, contamos hoje com um amplo leque de softwares de gestão, aplicativos, plataformas e outras ferramentas que facilitam a rotina e a administração do escritório. Automatizar processos é sinônimo de otimizar tempo e tarefas.

Especialmente, os softwares de gestão jurídica possuem um papel facilitador na rotina administrativa. Ele controla o fluxo financeiro, a agenda, as audiências, os prazos das ações e tudo que é pertinente ao escritório de advocacia.

Não investir no relacionamento com o cliente

Seu escritório possui um modelo de negócio focado no cliente? Se a resposta for “não”, você está cometendo um dos erros no escritório de advocacia mais banais. O cliente é a chave de sucesso de qualquer negócio e, por este motivo, deve ser tratado da melhor forma possível.

Para tanto, o escritório deve contar com um profissional capacitado e exclusiva para lidar com o cliente da melhor forma. Cabe lembrar que uma ação judicial causa apreensão em pessoas leigas, e elas demandam uma atenção sobre o andamento e outros pontos da causa. Quando existe um profissional atento à isso e o auxílio do advogado responsável pela causa, o cliente se sente acolhido e atendido em suas expectativas.

O bom trato do cliente o satisfaz e o fideliza. O primeiro passo para o sucesso é, inclusive, fidelizar clientes. Ademais, ele servirá como marketing espontâneo, trazendo outros clientes ao escritório.

Não profissionalizar a gestão administrativa e contábil

Assim como o advogado tem domínio do Direito, o contador tem conhecimento financeiro e contábil, e o administrador compreende melhor os processos de gestão administrativa. Um dos erros no escritório de advocacia é pensar que o advogado pode unir todas essas funções de forma satisfatória para o negócio.

Por mais vontade que o advogado tenha de gerir seu escritório, a falta de capacitação pode colocar o sucesso da atividade em risco. Por isso, todo escritório deve investir em profissionais habilitados na área administrativa e contábil para auxiliar nos negócios. A economia nessa área pode comprometer a definição e a execução dos planos de negócio do escritório, a organização dos custos do empreendimento, dentre outras atividades.

Se você está cometendo algum desses erros no escritório de advocacia, corrija-os enquanto há tempo! Notou alguma outra falha que pode comprometer o negócio? Escreva um comentário contando sua experiência!

Precisa de mais ajuda? Entre em contato com a Contri. Será um prazer te ajudar!

Sucesso e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *